Translate

Translate

sábado, 13 de julho de 2013

Ame suas contas e prestações.

É essencial pararmos de nos preocupar e sentir raiva de nossas contas.Muitas pessoas as tratam como castigos que devem ser evitados. Ora, uma conta é o reconhecimento de nossa capacidade em pagar. O credor parte da hipótese de que temos meios suficientes e nos dá o produto ou o serviço antes de receber.

Eu costumo abençoar todas as contas que chegam à minha casa. Abençôo com amor e dou um beijinho em cada cheque que assino. Quando se paga com raiva o dinheiro demora a voltar. Pagando-se com amor e alegria, abre-se o canal da abundância.Trate seu dinheiro como amigo, não como algo que se amasse e carrega dentro do bolso.

Sua segurança não é o seu emprego, seu saldo bancário, seu cônjuge ou seus pais. Sua segurança é a capacidade de se ligar com o poder cósmico que tudo cria. 

Gosto de pensar que o poder dentro de mim, o que respira dentro de mim, é o mesmo que fornece tudo o que preciso com a mesma simplicidade e facilidade. O Universo é pródigo e abundante, e temos o direito natural de receber tudo o que necessitamos, o que não acontece somente quando acreditamos no contrário.

Abençoo meu telefone cada vez que o uso e afirmo com frequência que ele me traz apenas prosperidade e expressões de amor. Faço o mesmo com minha caixa de correspondências, emails e diariamente as encontro cheias de boas novas, mensagens de clientes, amigos e leitores. Espero que minha vida seja boa, alegre. E ela é.

(Trecho do livro "Você Pode Curar sua Vida" - Louise Hay, ed.Best Seller)