Translate

Translate

sábado, 27 de setembro de 2014

Petit Lenormand: como identificar se estou BEM conectada com o meu consulente?

Olá, amigos!

É muito interessante e importante darmos ênfase a nossa conexão com o consulente durante a consulta. Por isso, um ambiente calmo, tranquilo, sem interferências externas é muito recomendado.
Ás vezes, o improviso nos pega, já fiz leituras até dentro do carro para tomar decisões. Nestes casos, o embaralhar das cartas pode demorar até que você tenha o insight de sua intuição para escolher as cartas ou cortar os montes.

Um indicativo de que estamos bem alinhados com o canal de comunicação "mediúnico", é quando saem as cartas temas envolvidas na questão. Por exemplo, se a pergunta é relacionada à saúde e no corte das cartas, ou na tiragem, sai a carta da Árvore, bingo! Estávamos muito conectados e o baralho respondeu a nossa pergunta com clareza, com a carta tema.

Tiragens confusas, daquelas em que batemos o olho e não fazem muito sentido, podem indicar que o nível de concentração não estava alto ou bem alinhado. Isto não nos impede de reformular a questão mais concentrados para termos mais precisão em nossas previsões. 

Citarei um exemplo:

A consulente nos pergunta: Quero saber se terei êxito em meu novo trabalho. 

Saem as cartas do Coração (24) , A cegonha (17) e a Lua (32). Temos excesso do elemento água e cartas que não falam especificamente do TRABALHO da consulente.

Reformulando a pergunta, eu como cartomante: A xxxxx terá dificuldades em obter êxito em seu novo trabalho?

Saem as cartas: Âncora (35 - CARTA TEMA DO TRABALHO), Cegonha (17), e o Sol (31). Bingo! Para ter certeza e sentir segurança sobre a resposta que daremos aos nossos consulentes, não vejo problema algum em reformular a questão. 

Abaixo, segue um exercício sobre uma consulta feita hoje. O desafio é identificar qual era o tema abordado pelo consulente. Tanto a carta central, quanto as cartas que a rodeiam, falam exatamente sobre o tema.



A questão que a consulente apresentou foi a seguinte: ela queria saber se o irmão ficaria muito tempo preso, ou, por quanto tempo.

A carta central, A TORRE, fala justamente do tema abordado: prisão, isolamento. A carta do SOL, indica a falta de contato não só com a luz do sol, literalmente, mas da ausência de prestígio moral. Por último, temos a carta dos chicotes ou vassoura que nos remete ao castigo, a punição aplicada ao irmão da consulente.

Está aí, é muito fácil perceber quanto estamos bem sintonizados com nossos clientes e suas questões. Cartomancia é um exercício constante de sintonização, mediunidade e sensibilidade ao mundo metafísico.

Beijão, até a próxima.